Entrar

Exclusivo para Sócios FGCT

Entrevista Guilherme Maurina

Guilherme Maurina, atirador de Fossa Olímpica do ranking estadual da Federação Gaúcha de Caça e Tiro (FGCT), conta o que o tiro representa na sua vida e o sonho das Olímpiadas de 2016 no Rio de Janeiro.

1 - Nome, idade, cidade onda mora? 

Guilherme Zanella Maurina, 24 anos, Caxias do Sul

2 - Como começou a atirar?

Comecei a atirar por influência de meu pai que sempre foi um aficcionado pelo tiro esportivo e pela caça

3 - Aonde treina? Com que frequencia?

Treino três vezes por semana no Clube Caxiense de Caça e Tiro (CCCT).

4 - Tem inspiradores ou ídolos que sejam suas referências no esporte?

Sim, no tiro esportivo me inspiro no atirador Darte Labatut

5 - O que o tiro representa na sua vida?

Representa uma escola de vida, de valores e da busca incansável da
perfeição.

6 - Como foi a temporada 2011? Que competições você disputou?

Participei de duas etapas da Copa do Mundo no Chile e na Austrália, do Campeonato Mundial na Sérvia e da Olimpíada Universitária na China além da Copa Continental, Campeonato Brasileiro e Campeonato Gaúcho.

7 - Qual a sua maior conquista no tiro esportivo?

Disputar a final da Olimpíada Universitária no China com 121/125 e obter o 5º lugar.

8 - Quais os objetivos daqui para frente?

Disputar os jogos olímpicos Rio - 2016.

Fique informado

Cadastre-se e receba as últimas novidades da FGCT


Receber em HTML?

Visitantes

241932
HojeHoje990
SemanaSemana990
MêsMês49052
Seu IP: 54.90.204.233

Federação Gaúcha de Caça e Tiro © Copyright | Todos os direitos reservados